quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Limpador de para-brisa com palheta única: superando o estigma de pobreza

Um elemento por muitas vezes associado a veículos de projeto mais austero, como o Fiat Uno, mas que também tem algum destaque em modelos mais sofisticados como a 1ª geração do Mercedes-Benz CLK, o limpador de parabrisa com palheta única acaba tendo algumas vantagens que superam um eventual estigma de pobreza.

Até mesmo o nobiliárquico Jaguar XJ chegou a recorrer a tal artifício. Na geração conhecida como série 3, o limpador de parabrisa duplo era utilizado, mas apresentava um inconveniente comum a esse layout: a água da chuva acabava sendo empurrada pela palheta montada no lado do passageiro em direção à porção do parabrisa que mal havia sido varrida pela palheta do lado do motorista, enquanto nas séries subseqüentes como a X308 produzida entre '98 e 2002 a palheta única proporcionava uma varredura mais uniforme do parabrisa.
Apesar da notável vantagem, o modelo deixou de recorrer a tal configuração com o fim da série X308.

Em algumas aplicações específicas, como em veículos esportivos, qualquer redução de peso que não prejudique o handling é apreciável, normalmente valendo mais a pena tirar 1kg de 100 peças individualmente do que tirar 100kg de um único ponto, e um bom exemplo pode ser observado no Porsche Carrera GT. Convém ressaltar, ainda, que uma palheta única acaba gerando menos arrasto aerodinâmico que duas, tanto que em veículos de competição é comum ainda manter a palheta de pé quando não está em uso, para prejudicar menos o fluxo aerodinâmico.

Apesar de hoje estar mais associado à imagem de uma busca quase obsessiva por reduzir os custos de produção, como no Toyota Etios, o limpador de parabrisa de palheta única mostra-se perfeitamente adequado em aplicações práticas, justificando até mesmo a adaptação em veículos que originalmente dispunham de limpador de parabrisa duplo, tomando por exemplo os microônibus Marcopolo Senior GV.

3 comentários:

  1. Será que vale a pena ou é só mais uma daquelas economias bestas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena, mas depende de como é distribuída a área total do parabrisa e da extensão do braço do limpador.

      Excluir
  2. tenho um microônibus marcopolo e fiquei interessado nessa adaptação

    ResponderExcluir

Por favor, comente apenas em Português ou em Espanhol.

Please, comment only in Portuguese or Spanish.
In doubt, check your comments with the Google Translate.

Since July 13th, 2011, comments in other languages won't be published.