segunda-feira, 7 de abril de 2014

Momento nostalgia: Matra CD

Um modelo brasileiro quase desconhecido do grande público foi a caminhonete Matra, feita entre os anos de 2001 e 2005 no município paranaense de Ibaiti. O projeto do utilitário, cuja aparência remete à primeira geração do Mercedes-Benz Unimog, foi feito pelo empresário, produtor rural e entusiasta do off-road recreativo Nivaldo Trama, um dos fundadores do Jeep Clube do Brasil. Inicialmente oferecido apenas com cabine simples, em 2003 passou a ter a opção pela cabine dupla, como no exemplar da foto.

Rústica por excelência, surgiu com a proposta de se firmar como uma alternativa ao Toyota Bandeirante que saía de linha no final de 2001. O chassi era tubular em aço, com cabine de fibra de vidro, e ambos os eixos eram rígidos com feixes de mola, barra estabilizadora e amortecedores hidráulicos (sendo o traseiro semi-flutuante), o motor era o Maxion HS 2.5L com turbo e intercooler usado até 2002 na Ford Ranger, o câmbio manual de 5 marchas era um Eaton FS-2305 como o do Land Rover Defender mas com montagem invertida. Os freios eram inicialmente a tambor nas 4 rodas, mas a partir de 2003 podia ser equipada com freios dianteiros a disco, ainda que mantivesse os tambores na traseira. Teve opção por chassi curto ou longo, cabines simples ou dupla e tração apenas traseira ou 4X4. Apesar da fábrica com capacidade para até 1800 unidades anuais, apenas 116 foram fabricadas contabilizando todas as versões, com 46 exemplares exportados para Argentina e Uruguai.

A trajetória das caminhonetes Matra CS (cabine simples) e CD (cabine dupla) é marcada por polêmicas: há quem alegue que a fábrica teria sido comprada pela Toyota visando evitar a migração do público-alvo do Bandeirante e poder forçar a Hilux como sucessora do jipão, enquanto outros alegam que a Ford havia pressionado a Navistar para que parasse de fornecer o motor e assim inviabilizar a continuidade da fabricação. O marketing e a rede de distribuição e assistência técnica eram claramente insuficientes para um país como o Brasil, e a transição das normas Euro-2 para Euro-3 podia ser vista como um empecilho, mas a falta de apoio governamental para o ressurgimento de uma indústria automobilística de capital nacional também tem um peso nesse contexto...

3 comentários:

  1. Alguem tem para vender?
    antoniocsantos@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda tenho uma 2004 com 102 mil km originais...
      http://pr.olx.com.br/regiao-de-ponta-grossa-e-guarapuava/veiculos/carros/matra-pick-up-k-up-matra-4x4-2-5-turbo-diesel-intercooler-83807940

      Excluir
  2. EU ACHO MUITO DA HORA E DIFERENTE PARECE MAIS FORTE DO QUE AS OUTRAS

    ResponderExcluir

Por favor, comente apenas em Português ou em Espanhol.

Please, comment only in Portuguese or Spanish.
In doubt, check your comments with the Google Translate.

Since July 13th, 2011, comments in other languages won't be published.