quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Clássico moderno: Chrysler Pacifica

Produzida em Windsor, província de Ontario, no Canadá, entre 2003 e 2007 abrangendo os anos-modelo de 2004 a 2008, a Pacifica foi apresentada numa época em que se tentava alçar a Chrysler ao patamar de algumas marcas de luxo mais consolidadas como Lincoln, Cadillac, Buick, BMW e Mercedes-Benz. Sob o ponto de vista comercial não foi tão bem-sucedida pois, apesar de ter ido no embalo da moda dos crossovers que iam tomando o espaço então consolidado das minivans como o "veículo familiar" preferido dos americanos, custava mais que as minivans com as quais compartilhava a plataforma e o conjunto motriz (Chrysler Grand Voyager/Town&Country e Dodge Grand Caravan) e oferecia um arranjo de interior menos versátil, além de apresentar um consumo de combustível mais elevado. Foi oferecida sempre com motores V6 a gasolina e câmbio automático com trocas manuais sequenciais (Autostick), sendo um de 3.5L e um de 3.8L associados a um câmbio de 4 marchas e um de 4.0L oferecido com câmbio de 6 marchas, e opção por tração dianteira ou 4X4 integral em todas as versões e acabamentos, sendo que a mais simples era a única com 5 lugares enquanto as demais ofereciam sempre acomodações para 7 pessoas (incluindo o motorista), ainda que os 2 assentos da última fileira fossem menos confortáveis. O exemplar das fotos é do ano de 2007 e, apesar de já terem se passado pouco mais de 10 anos desde o lançamento do modelo, o design continua elegante e com padrões aceitáveis diante da oferta atual do segmento dos crossovers médios.

Um comentário:

  1. Confesso que não conhecia o modelo, mas achei muito elegante.

    ResponderExcluir

Por favor, comente apenas em Português ou em Espanhol.

Please, comment only in Portuguese or Spanish.
In doubt, check your comments with the Google Translate.

Since July 13th, 2011, comments in other languages won't be published.