sábado, 8 de junho de 2013

Amazonas 1600: a maior moto brasileira de série

O versátil motor Volkswagen boxer com refrigeração a ar chegou a ser usado até em motos, tendo como exemplo mais notório a Amazonas. Assim como o estado homônimo é o maior em extensão territorial, essa foi a maior motocicleta produzida regularmente no país.
Apesar do motor de concepção mais modesta que os de 6 cilindros usados na Honda GoldWing, e muito mais leve que os V8 small-block usados nas Boss Hoss, a Amazonas chega perto dos 500kg de peso. Os bagageiros feitos em chapa de aço ao invés de fibra de vidro colaboram para toda essa "gordura".
A frente guarda alguma semelhança com as Harley-Davidson Electra Glide, mas o porte mais avantajado e o motor "deitado" não deixam dúvidas de que se trata da Amazonas.
Velocímetro e conta-giros de Puma
Durante a década de 90, a Amazonas foi renomeada como Kahena e permaneceu em produção por pouco tempo, mais para atender à Polícia Rodoviária Federal que foi a cliente mais importante. Algumas também foram exportadas, tendo como principais mercados os Estados Unidos e o Japão.

5 comentários:

  1. Olá, não lembro de voce que tirou estas fotos da minha motinho, porém gostaria de agradecer desde já por ter colocado no seu blog. Quero aproveitar o momento para informar aos amigos que estaremos nos dias 23, 24 e 25/08 em Estância Velha no encontro de motos.
    Abraço aos amigos motociclistas.
    Paulo 9284-2440
    sandrapttt@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fone correto 9280-2440
      Paulo

      Excluir
    2. Não tem interesse em vender? Nasci na época errada para conhecer essa maravilha, mas herdei do meu pai a paixão por essa máquina.

      Excluir
  2. Linda moto. A lendária Amazonas 1600 - tenho uma 1988.

    ResponderExcluir

Por favor, comente apenas em Português ou em Espanhol.

Please, comment only in Portuguese or Spanish.
In doubt, check your comments with the Google Translate.

Since July 13th, 2011, comments in other languages won't be published.