quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Fiat Fiorino 1000 Electronic

A partir de 1990, quando os veículos passaram a ser tributados no mercado brasileiro mais em função da cilindrada do que da potência, os carros "populares" com motor de até 1000cc começavam a ganhar espaço no mercado brasileiro, com o lançamento do primeiro Fiat Uno Mille, ainda equipado com um miserável carburador de corpo simples e um arcaico sistema de ignição com platinado, além de um limitado câmbio de 4 marchas que não otimizava tanto o modesto desempenho do motor. Já em '93, contando com carburador de corpo duplo e ignição eletrônica estática (dispensando, além do platinado, o distribuidor) e câmbio de 5 marchas, surgia o Uno Mille Electronic, destacando a ignição de forma que podia induzir ao erro alguns consumidores que inicialmente imaginariam a presença de uma injeção eletrônica, e a Fiat acabou aproveitando esse conjunto também no Fiorino. Produzido apenas até '95, tanto em versão pick-up quanto furgão, sempre com a chamada "frente alta", o Fiorino 1000 Electronic acabou não fazendo tanto sucesso, e hoje é um tanto incomum se deparar com exemplares remanescentes, como a pick-up das fotos, ainda em uso para entrega de gás de cozinha. Apesar de não ser tão prestigiado entre os entusiastas de automóveis antigos, tampouco muito lembrado pelo grande público, desperta alguma curiosidade devido à motorização ainda hoje pouco comum para um utilitário no mercado brasileiro...

Um comentário:

  1. Me acuerdo de haber visto unas Fiorino en Alemania, pero todas 1.7D y con en frontal que dices bajo.

    ResponderExcluir

Por favor, comente apenas em Português ou em Espanhol.

Please, comment only in Portuguese or Spanish.
In doubt, check your comments with the Google Translate.

Since July 13th, 2011, comments in other languages won't be published.